Mudra Ininterrupto

Em 2001, durante um retiro de Tara, recebemos ensinamentos da Khadro sobre os diferentes mudras (gestos de sabedoria) que são realizados na prática. Muitos mudras são bem difíceis por termos que coordenar mãos, voz e atenção plena, exigindo entrega e disciplina do praticante. Nesse contexto, a Khadro disse algo que me marcou profundamente: “nós nos esforçamos criando estados mentais e, através de gestos específicos, realizamos um mudra. No caso do Rimpoche, o estar dele já é um mudra”.

Com isso, a Khadro deu para nós ao mesmo tempo o exemplo perfeito do que é um mudra e do significado da presença do Rimpoche entre nós. Ele era a própria manifestação de sabedoria plena, um mudra ininterrupto.

[Contada por Padma Yeshe]