Four legal

ChagdudRinpocheSmiling

Era um sábado glorioso de sol e todos os sábados eu costumava levar a Flávia para Três Coroas, pois ela ficava trabalhando até o meio da semana. Já eu dedicava o dia inteiro a algum trabalho e retornava no final da tarde. Naquela época, estávamos pintando os detalhes em madeira que ficavam no teto do templo ainda em construção. Sentados embaixo da bergamoteira ao lado da marcenaria, vários de nós meditavam durante sua tarefa. Era pura paz.

Quebrei a meditação de todos pedindo para a Lama Sherab perguntar ao Rimpoche se ele sabia o que significava a expressão portoalegrense “trilegal”. Ele disse que não e eu expliquei: era a referência que fazíamos a alguma coisa três vezes boa de tão boa. Muito cool. Eu queria me referir ao momento de paz e deslumbramento que estávamos compartilhando mas não cheguei a completar a minha fala quando ele disse: “four legal is better!” (quadrilegal é melhor!)

[Contado por Antonio Augusto C. de Carvalho]