Buda em pessoa

ChagdudRinpoche102

Minha lembrança mais marcante é da primeira vez que eu vi Rinpoche. Ele veio ao Rigdzin Ling pra dar ensinamentos muito preciosos. Eu não o conhecia pessoalmente e, nos dias que antecederam a visita, a emoção foi crescendo no ar até o momento em que ele chegou. E a presença dele superou em muito a emoção antecipada. Se eu pudesse imaginar como o Buda era em pessoa, seria o Rinpoche.

A mente dele era como o espaço, é como o espaço. E sua compaixão é ilimitada. Amor, equanimidade, visão imparcial em relação a todos os seres e a todas as situações: assim era o Rinpoche. Os ensinamentos dele eram a respeito de como incorporar isso. O desejo dele era que todos os alunos fossem capazes de incorporar a equanimidade sem limites e a compaixão no estado vasto da mente. Foi isso que eu aprendi com o Rinpoche, a me abster de causar prejuízo em qualquer forma, a praticar virtude em todas as formas e a domar minha própria mente.

[Contada por um aluno]